Instrução Normativa da Receita Federal atualiza valores da Taxa Siscomex

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Taxa de utilização foi alterada pela Portaria ME nº 4.131, de 2021. Instrução Normativa também divulga os valores por adição de mercadoria à Declaração de Importação.

Na última semana (28), uma boa notícia foi divulgada pelo Ministério da Economia: a Instrução Normativa n. 2.024 alterou os valores da Taxa de Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior, conhecida também como Taxa Siscomex. A taxa agora é de R$115,67 por DI ou DUIMP.

Essa taxa é devida ao ato de registro da Declaração de Importação (DI) no SISCOMEX, conforme especificado na Lei No. 9.716, de 26 de novembro de 1998. Assim, a Taxa de Utilização do Siscomex tem como fato gerador a utilização desse sistema. A taxa é devida independentemente da ocorrência de tributo a recolher, sendo debitada em conta-corrente, juntamente com os tributos incidentes na importação. Em 2011 através da  Portaria MF No. 257 de 20 de maio de 2011 houve o reajuste dos valores conforme seguem:

  • – R$ 185,00 (cento e oitenta e cinco reais) por DI;
  • – R$ 29,50 (vinte e nove reais e cinquenta centavos) para cada adição de mercadorias à DI, observados os limites fixados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB).

Há anos essa taxa é motivo para importadores recorrerem judicialmente. Em 2011, houve um aumento de aproximadamente 500% no valor, o que causou grande revolta por parte dos contribuintes. Há um ano atrás, o Supremo Tribunal Federal considerou esse aumento inconstitucional, trazendo além da perspectiva de redução de valores nos processos, a possibilidade de restituição de valores pagos indevidamente nos últimos cinco anos. E agora, com a nova IN, essa redução realmente se tornou lei.

Assim, após inumeras discussões e entendimentos a Receita acatou a redução, e divulgou recentemente a Portaria 4131/2021 e a Instrução Normativa n. 2.024 com os valores por adição de mercadoria à Declaração de Importação, a partir de 01 de junho.

Agora há uma redução de acordo com o número de adições, o que reduz consideravelmente o custo final, conforme segue:

  • Até a 2ª adição – R$ 38,56;
  • Da 3ª à 5ª – R$ 30,85;
  • Da 6ª à 10ª – R$ 23,14;
  • Da 11ª à 20ª – R$ 15,42;
  • Da 21ª à 50ª – R$ 7,71;
  • A partir da 51ª – R$ 3,86.

Fonte: Blackcomex Assessoria.

Comunicado: As publicações encontradas no site Blackcomex – www.blackcomex.com.br/noticias são de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou na integra. A nossa missão é manter informado aqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com o setor aduaneiro e logístico em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor, tampouco reflete, necessariamente, a nossa opinião.

Sobre os Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais do nosso site, são republicações (clipping) e pautas recebidas e públicas de forma total ou parcial com a citação das fontes, como respeito mencionados seus devidos créditos e/ou os seus links seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
A não citação da fonte poderá implicar em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais conforme a lei 9610/98.